INMET completa 112 anos de história e evolui com o lançamento da Previsão Climática de 6 Meses

A Previsão mostra a tendência de como serão os próximos seis meses, baseado na observação de dados passados e no comportamento da atmosfera.

Por Anna Julia Duarte - publicado 12/11/2021 09h25 . Última modificação 16/11/2021 13h01 .

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), órgão do Ministério da Agricultura e Abastecimento (MAPA), completa, em 18 de novembro, 112 anos de serviços prestados à sociedade brasileira.


O Instituto é responsável por monitorar e gerar informações meteorológicas para a sociedade, elaborar e divulgar a previsão de tempo no país, executar estudos e levantamentos climatológicos aplicados aos mais variados setores da economia, como o setor agrícola e energético e ainda, acompanhar a evolução dos fenômenos climáticos El Niño e La Niña.

Em comemoração à sua jornada de 112 anos, o INMET lança a Previsão Climática para os próximos 6 meses, sendo esta diferencial para a tomada de decisão do produtor rural, para o planejamento da geração hídrica e a viabilidade do transporte aquaviário nas principais bacias hidrográficas do país.

Com a previsão de 6 meses, o Instituto entra em um seleto grupo capaz de estimar condições climáticas de longo prazo. Esse resultado foi obtido com o apoio orçamentário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que viabilizou a aquisição do super computador e o apoio técnico da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Por meio de uma parceria, a UFLA disponibilizou parte do seu corpo técnico para essa construção. Para o doutor em Meteorologia da UFLA responsável pela Previsão de 6 meses, Fabio Conde “a modelagem de 6 meses é um grande ganho para o produtor rural brasileiro. Apenas 11 países tem a capacidade de gerar essas informações. Resolvemos uma demanda antiga do setor.”

Para a agricultura, essa previsão significa um período maior de preparação entre o plantio de culturas, evitando riscos e aumentando a produtividade.

Também será possível saber se naquele ano haverá uma ou duas colheitas, programar a produção, usar ou não a irrigação, plantar e colher no período certo, oferecendo ao produtor segurança na tomada de decisão.

Já para o setor elétrico, será possível fazer um planejamento de geração de energia mais preciso, observando o final do período chuvoso.

Com uma previsão mais alongada perante uma crise hídrica, por exemplo, é possível reverter ao uso de energia termelétrica até ter uma solução possível.

Vale ressaltar que há mais de 10 anos o INMET já fornece a previsão climática de 3 meses com o Prognóstico Climático Trimestral.

O INMET relembra a importância da parceria entre as instituições e do trabalho em conjunto, no qual desde de 2018 uniu-se em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) para oferecer um sistema com melhores resultados em pesquisas, desenvolvimento de modelos numéricos, dados de produtos por sensoriamento remoto, projeções climáticas e a previsão climática para os 3 meses. 

O Lançamento da Previsão Climática para os próximos 6 meses acontece nesta quinta-feira (18) durante a celebração dos 112 anos do INMET:

O evento será online, gratuito e aberto ao público.

📆Marque aí na sua agenda:

Celebração INMET 112 ANOS


Data: 18/11/2021

Horário: 15h (horário de Brasília)

📽️ Transmissão pelo canal do INMET no Youtube:

🔗 https://bit.ly/3hFGUOf


Veja mais:

INMET 112 ANOS