Tempestades afetam grande parte do Brasil nos próximos dias

Até quarta-feira (16), pelo menos, a previsão indica chuvas intensas, fortes rajadas de vento e possibilidade de queda de granizo

Por Manuela Rolim Siqueira - publicado 11/11/2022 14h26 . Última modificação 11/11/2022 14h34 .

No próximo fim de semana (12 e 13), o Sul do Brasil e parte das regiões Centro-Oeste e Sudeste terão registros de tempestades, com chuvas intensas, fortes rajadas de vento e possibilidade de queda de granizo. A mudança no tempo é devido a uma ampla área de baixa pressão atmosférica.

No sábado pela manhã, as temperaturas vão ficar elevadas, com máximas de até 32°C em áreas do centro e norte do Rio Grande do Sul. Já no período da tarde, a previsão indica fortes pancadas de chuva, trovoadas, rajadas de vento e queda de granizo no centro-oeste dos estados da Região Sul. No Mato Grosso do Sul, as tempestades podem começar ainda mais cedo e, em diversas áreas da região central do Brasil, o calor e a umidade provocarão temporais isolados.

No domingo, as tempestades com possibilidade de queda de granizo devem se espalhar ainda mais pelo Sul do País e, também, no Mato Grosso do Sul e em São Paulo. Por causa da nebulosidade, o tempo permanecerá abafado e as temperaturas máximas devem cair.

Na segunda-feira (14), devido ao deslocamento de um ciclone extratropical, uma frente fria provocará queda de temperatura no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Já as tempestades ficarão concentradas em parte do Sudeste e Centro-Oeste, atingindo, também, o Tocantins.

A partir de terça-feira (15) e no decorrer da quarta (16), a frente fria deverá se deslocar para o oceano, deixando o ar ainda mais frio e seco na maior parte da Região Sul. As tempestades devem se manter localizadas em áreas do Sudeste e Centro-Oeste, atingindo, também, o sul das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Entre quarta e sexta-feira (18), há chance de geada nas áreas mais altas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, especialmente entre o Planalto Sul Catarinense e a região dos Aparados da Serra (RS).

Os maiores acumulados de chuva deverão ser registrados em parte de Minas Gerais, leste do Tocantins e de Goiás e no sul da Bahia e serão causados pela presença de um canal de umidade, que pode, inclusive, provocar um novo evento de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) na região.

A figura 1 apresenta a previsão de total de chuva entre a noite dessa quinta-feira (10) e a noite de quarta (16). Destaque para áreas de Minas Gerais com totais de chuva que podem superar 200 mm (tons de rosa) durante esse período.

Figura 1: Previsão de chuva entre a noite do dia 10 e a noite do dia 16 de novembro de 2022. Fonte: Inmet.

Acompanhe as atualizações dos avisos meteorológicos aqui e a previsão do tempo na página inicial do portal e nas redes sociais do Inmet.

O INMET é um órgão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950.

A previsão de tempo e os avisos meteorológicos são divulgados diariamente em nosso portal, aplicativo e redes sociais:

Instagram: @inmet.oficial

Twitter: @inmet_

Facebook: @INMETBR

Tiktok: @inmetoficial

Youtube: INMET

Veja mais: