Seguro Paramétrico desenvolvido pelo INMET reduz impactos causados por desastres naturais

Modelo dá segurança para o contratante com relação a quantidade de chuva, número de dias de sol, ocorrência de geada, granizo e inundações.

Por Ana Carolina Castro dos Santos - publicado 04/04/2022 16h50 . Última modificação 05/04/2022 09h03 .

Foi publicado pela revista Valor Econômico, nesta segunda-feira (04), uma análise sobre a simulação de utilização do Seguro Paramétrico desenvolvido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) em parceria com a Newe Seguros na cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro (RJ), atingida por fortes chuvas entre os dias 1º e 20 de fevereiro.

De acordo com o descrito na simulação, ficou definido que o sinistro seria acionado caso chovesse mais do que o índice estabelecido no período: 300 milímetros. A indenização foi calculada em até R$ 100 por habitante e prêmio de R$ 8,88 por habitante. Porém, os valores poderiam ser adaptados conforme a demanda do contratante.

De acordo com a avaliação da revista, caso a prefeitura da cidade de Petrópolis tivesse contratado o seguro neste ano, teria gasto R$ 2,7 milhões em prêmio e recebido R$ 30,7 milhões no sinistro, já que choveu 409,6 milímetros nos 20 primeiros dias de fevereiro em Petrópolis. Já o acionamento da apólice seria de 100%.

&t=40s

Modelo inovador

O seguro paramétrico do INMET, um modelo de seguro de índice, serve para atuar quando ocorrerem eventos naturais. Idealizado pelo órgão, esse modelo é diferente do convencional, por não ser necessário haver um dano físico na propriedade rural, causado por um evento climático, para que o segurado tenha direito ao pagamento do seguro. Além disso, o segurado poderá ser ressarcido caso não tenha sido alcançado índices meteorológicos estabelecidos no contrato, como quantidade de chuva, velocidade e intensidade do vento, temperatura, número de dias de sol, ocorrência de geada, granizo, inundação e outros dados específicos para a região produtora.

“O seguro paramétrico é uma inovação tecnológica dentro da indústria de seguros brasileira. O SIM-INMET, que serve de base para construção do seguro paramétrico, mensura o risco climático que o segurado está exposto”, afirma Paulo Costa, coordenador-geral de Modelagem Numérica do INMET.

O INMET representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950. Para maiores informações, acompanhe o portal oficial. A previsão de tempo e os avisos meteorológicos são divulgados diariamente em nosso aplicativo e redes sociais:

Instagram: @inmet.oficial

Twitter: @inmet_

Facebook: @INMETBR

Tiktok: @inmetoficial

Youtube: INMET

LinkedIn:/company/inmetbr

Veja mais: