SÃO PAULO CAPITAL REGISTRA 6,3°C E IGUALA MARCA DE MADRUGADA MAIS FRIA EM 5 ANOS.

Barueri, na Grande São Paulo, tem a menor temperatura em 10 anos. Interior de São Paulo registra temperaturas negativas e recordes de 10 a 15 anos.

Por Maisa Pereira de Souza - publicado 20/07/2021 13h53 . Última modificação 20/07/2021 14h04 .


A temperatura mínima ao amanhecer desta terça-feira (20), na Estação Meteorológica Automática do Inmet no Mirante de Santana, zona norte da capital paulista foi de 6,3 °C, se igualando a menor temperatura do ano (2021) registrada no último dia 30 de junho, sendo, portanto, no intervalo de 3 semanas, as duas madrugadas mais frias em 5 anos (menor temperatura anterior: 3,5ºC em 12/06/2016).


A Estação Automática do INMET - Sesc-Interlagos, zona sul, registrou 4,7°C (a 2ª menor em 3 anos), apenas 0,1°C acima dos 4,6°C registrados no último dia 30/06, que foi a menor desde a abertura da estação em 2018.


Nesta madrugada de terça-feira (20) o ar frio e muito seco, de origem polar, provocou formação de geadas pelo estado, inclusive na capital e na Grande São Paulo.


Em Barueri, na grande São Paulo, a oeste da capital, a temperatura mínima foi ainda mais baixa, 2,0°C, a menor em 10 anos de medições (o recorde é de 1,7°C em 28/06/2011). (A menor do ano em 2021 era 3,2°C verificada também no último dia 30/06)


Assim considerando as 2 Estações da capital (Mirante 6,3°C e Sesc-interlagos 4,7°C) a média em São Paulo foi de 5,5°C; considerando Barueri (2,0°C) o valor médio da temperatura na Grande São Paulo na última madrugada foi de 4,3°C.


As áreas mais frias do sul da capital, afastadas do centro e localizadas em planície/vale, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), registraram temperaturas negativas e formação de geada. Capela do Socorro registrou -1,6°C e Engenheiro Marsilac, no extremo sul, registrou -2,3°C. Como alertado anteriormente pelo INMET a combinação do ar frio e muito seco poderia trazer geada e temperaturas negativas até mesmo na capital São Paulo.



Interior do estado registra temperaturas negativas:


Rancharia, no oeste do estado, teve a menor temperatura do estado, -2,8°C. Foi a menor do ano (anterior era -2,1°C em 30/06) e também a menor temperatura em 10 anos, desde 28/06/2011, quando foi registrado -3,7°C (que é o recorde da Estação, aberta em 2007).


Valparaíso registrou -0,1°C de temperatura mínima, também a menor em 10 anos, desde 28/06/2011, quando registrou -0,2°C.



Recordes absolutos de 11 a 15 anos no norte do estado de São Paulo:

Pradópolis, no norte do estado, registrou recorde absoluto da Estação Meteorológica com -1,4°C, a menor temperatura em 15 anos de medições (anterior era -1,0°C em 18/07/2016). Anteriormente o menor valor em 2021, foi -0,1°C em 30/06/2021.


Barretos também quebrou novamente o recorde da Estação com o registro de 0,6°C. A menor temperatura anterior foi 1,6°C em 01/07/2021 e 2,1°C em 07/07/2019. Portanto, as 2 menores temperaturas registradas há 11 anos, desde a abertura da estação em 2010.





TABELA 1: Temperaturas mínimas desta terça-feira 20/07/2021 no estado de SP, em °C, conforme estações meteorológicas do INMET



TABELA 2: Temperaturas mínimas desta terça-feira 20/07/2021 no estado de MS, em °C, conforme estações meteorológicas do INMET




Confira a NOTA COMPLETA AQUI.