São Paulo: Balanço do Verão 2021 e Prognóstico para o Outono 2022.

Os totais de chuva preliminares deste verão (senso estrito astronômico) variaram entre um mínimo de cerca de 400 mm, em áreas sudoeste do estado (Presidente Prudente) a 1027 mm no nordeste (Franca), considerando que houve interrupção de dados no litoral.

Por Viviane Samara Barbosa Nonato - publicado 24/03/2022 10h21 . Última modificação 24/03/2022 11h24 .

Balanço do Verão 

Em termos astronômicos [1], o verão foi de 21 de dezembro de 2021 às 12h59min até 20 de março de 2022, às 12h33min, quando se iniciou o outono (horário de Brasília).

Na rede de Estações Meteorológicas do Inmet no estado de São Paulo, os totais de chuva preliminares deste verão (senso estrito astronômico) variaram entre um mínimo de cerca de 400 mm, em áreas sudoeste do estado (Presidente Prudente) a 1027 mm no nordeste (Franca), considerando que houve interrupção de dados no litoral. O mapa com a distribuição preliminar dos totais de precipitação está apresentado na Figura 1.

Figura 1: Distribuição preliminar do acumulado de precipitação nos últimos 90 dias (20/03/2022).

Vale ressaltar que em termos climatológicos para o hemisfério sul, geralmente se define os meses de dezembro a fevereiro como representativos do verão e de março a maio como do outono. Nessa definição climatológica, as estações do ano se iniciam no primeiro dia dos meses nos quais ocorrem os equinócios ou os solstícios.

Capital: Verão foi de chuva próxima à média e temperaturas acima

Na Capital o verão apresentou um total de precipitação de 690,8 mm, valor ligeiramente abaixo da média sazonal (1961 a 2021), a qual é de aproximadamente 730 mm. Houve 48 dias com registro de precipitação maior que 1 mm ao longo dos últimos 90 dias. O volume de chuva ficou 5% abaixo da referência climatológica, mas considerado ainda dentro da variabilidade normal da série histórica.

A Estação Meteorológica do Mirante de Santana-SP registrou um verão com média das temperaturas mínimas de 19,6°C, valor este acima da média histórica, que é de 19,0°C, mas praticamente no mesmo patamar que a do verão do ano passado. A menor temperatura do período na Capital foi de 15,3°C, registrada em 25 de dezembro.

A média das temperaturas máximas ficou em 29,0°C, valor também acima da climatologia de referência, de 28,2°C, porém, configurando-se em 0,2°C a menos do que o registro do ano passado. A maior temperatura deste verão foi de 33,8°C, ocorrida à tarde de 23 de janeiro.

Abaixo seguem alguns dados do verão de 2021/2022 (até 18/03) na Capital de São Paulo:

  • Total de precipitação pluviométrica: 685,8 mm;
  • Maior chuva em 24h: 66,4 mm em 30 de janeiro;
  • Maior temperatura: 33,8°C em 23 de janeiro
  • Menor temperatura: 15,3°C em 25 de dezembro;

Maior rajada de vento: 17,7 m/s (64 km/h) em 5 de março.


Figura 2. Dados diários: temperaturas, mínimas e máximas, e precipitação para a estação automática do Mirante de Santana, São Paulo, SP de 22/12/2021 a 20/03/2022.


[1] As estações do ano são efemérides astronômicas e suas datas e/ou horários variam em relação ao calendário de cada ano. 


Confira o Balanço completo do Verão 2021 e o Prognóstico do Outono 2022 para São Paulo-SP AQUI.


O INMET representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950.

Para maiores detalhes acesse:

http://portal.inmet.gov.br

Nossas Redes Sociais e Aplicativo:

Instagram: @inmet.oficial

Twitter: @inmet_

Facebook: @INMETBR

Tiktok: @inmetoficial

Youtube: INMET



Veja mais: