Portal do Governo Brasileiro

MARINHA DO BRASIL - DIRETORIA DE HIDROGRAFIA E NAVEGAÇÃO - NOTA À IMPRENSA - ATUALIZAÇÃO

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), informa que hoje, durante a madrugada, informa que a Tempestade Subtropical “Potira” foi reclassificada como “Depressão Subtropical” na madrugada de hoje ao serem constatados ventos à superfície em torno de 30 nós (55 km/h)

Por Renan de Souza Rodrigues - publicado 26/04/2021 15h00 . Última modificação 03/05/2021 13h58 .

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE) e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB), informa que devido ao enfraquecimento dos ventos em seu entorno, a Tempestade Subtropical “Potira” foi reclassificada como “Depressão Subtropical” na madrugada de hoje ao serem constatados ventos à superfície em torno de 30 nós (55 km/h), por meio de observações por satélite. As previsões apontam que o sistema reduzirá a intensidade e será absorvido por um sistema frontal, perdendo suas características subtropicais, não sendo mais classificada como depressão subtropical a partir da noite do dia 25 de abril.

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor na sua página

Adicionalmente, as informações meteorológicas podem ser visualizadas na página do Serviço Meteorológico Marinho no Facebook e por meio do aplicativo "Boletim ao Mar", disponível para download na internet para o sistema Android, desenvolvido em parceria entre a Marinha do Brasil e o Instituto Rumo ao Mar (RUMAR).

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

Contato:

Assessoria de Comunicação Social da Diretoria de Hidrografia e Navegação

Tel.: (21) 2189-3387

E-mail: dhn.comunicacaosocial@marinha.mil.br

Marinha do Brasil: Protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente