Julho de 2022 foi o mais quente já registrado no Brasil desde 1961

As temperaturas ficaram acima da média em grande parte do País.

Por Maisa Pereira de Souza - publicado 08/08/2022 11h10 . Última modificação 08/08/2022 16h50 .


Durante o mês de julho, é muito comum que na Região Sul e em áreas serranas da Região Sudeste predominem valores de temperatura média entre 12 e 20ºC (em tons de azul na Figura 1a).

Em 2022, as temperaturas foram superiores, entre 14 e 24ºC, havendo uma predominância de desvios positivos de temperatura média em grande parte do Brasil (em tons de laranja na Figura 1b), registrando valores de até 3ºC acima da média desde o sul da Região Norte, passando pelo Centro-Oeste até a Região Sul.

Figura 1 – (a) Climatologia e (b) desvio da temperatura média do ar em 2022 (b), expressa em °C, para o mês de Julho. Período de referência: 1991 – 2020. Fonte: INMET.


A média histórica (1991 - 2020) das temperaturas médias observadas nas estações meteorológicas do INMET em todo o Brasil no mês de julho, é de 21,9°C (Figura 2).

Em 2022, a temperatura média foi de 22,8°C, com um desvio de 0,82°C acima da média histórica, colocando este como o julho mais quente já registrado no Brasil desde 1961, ultrapassando julho de 2015 que registrou 22,7°C, ou seja, 0,78°C acima da média.

Observa-se ainda, o predomínio de temperaturas mais elevadas nos últimos 15 anos, sinalizando uma tendência de aumento das temperaturas médias na maior parte do Brasil.

Figura 2 - Temperaturas Médias do Brasil entre 1961 e 2022, em °C, versus a média histórica (linha contínua preta) e tendência (linha tracejada azul)


Confira a Nota completa AQUI.



O INMET é um órgão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950.

A previsão de tempo e os avisos meteorológicos são divulgados diariamente em nosso portal, aplicativo e redes sociais:

Instagram: @inmet.oficial

Twitter: @inmet_

Facebook: @INMETBR

Tiktok: @inmetoficial

Youtube: INMET

Veja mais: