Portal do Governo Brasileiro

INFORMATIVO METEOROLÓGICO SEMANAL Nº 31 (10/08/2020)

Previsão de tempo para o período de 10 a 26 de agosto de 2020.

Por Viviane Samara Barbosa Nonato - publicado 10/08/2020 13h10 . Última modificação 10/08/2020 13h28 .


- Precipitação



A previsão de chuva entre os dias 10 e 17 de agosto de 2020 é apresentada na Figura 1. De acordo com o modelo numérico do INMET, a semana deverá ter chuvas no norte da Região Norte e no leste da Região Nordeste e, principalmente na Região Sul do Brasil.

A passagem de uma frente e áreas de instabilidade deverão ocasionar acumulados significativos de chuva na Região Sul durante essa semana. Os acumulados poderão variar entre 15 e 100 mm, sendo os maiores valores previstos para o norte do Paraná.

As áreas de instabilidade também deverão ocasionar chuvas no sul de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. Nessas áreas, os acumulados de chuva poderão variar entre 10 e 70 mm.

Na Região Norte, os maiores acumulados de chuva estão previstos para o estado de Roraima e no norte do Amazonas, com valores variando entre 10 e 50 mm.

Na Região Nordeste, as chuvas mais significativas deverão ficar concentradas desde o leste da Bahia até o litoral da Paraíba porém, os acumulados não deverão ultrapassar os 15 mm.

Não há previsão de chuva na região central do Brasil, que inclui a área do MATOPIBA.

Figura 1: Previsão de chuva para 1ª semana. Fonte: INMET.

A Figura 2 apresenta a previsão de chuva entre os dias 18 e 26 de agosto de 2020.

De acordo com o modelo de previsão numérica, as chuvas mais significativas são previstas para os estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. As chuvas também deverão persistir no extremo norte da Região Norte.

Em áreas do Paraná, sul de São Paulo e do Mato Grosso do Sul assim como entre os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, a tendência é de que os acumulados de chuva possam ficar próximos aos 100 mm.

Tendência de chuva, mesmo que fraca, em áreas com longo período sem chuvas, como no centro e norte do Mato Grosso do Sul, interior de São Paulo, sul de Goiás e Minas Gerais.

Na Região Nordeste, a previsão indica chuvas no litoral leste, com acumulados variando entre 5 e 40 mm.

Na Região Norte, os maiores acumulados de chuva poderão ocorrer no norte do Amazonas e em Roraima com acumulados variando entre 10 e 100 mm. A tendência também é de chuva, em valores menores, no Acre, sul do Amazonas, Pará e Amapá.

Figura 2: Previsão de chuva para 2ª semana. Fonte: GFS.

- Temperatura

A rápida passagem de uma massa de ar frio pela região Sul do Brasil entre os dias 11 e 12 de agosto favorecerá ao declínio de temperatura.

As menores temperaturas deverão ser registradas na manhã do dia 12 agosto (ver Figura 3), especialmente no sul do Rio Grande do Sul e nas Serras Gaúcha e Catarinense, onde a temperatura mínima poderá ficar em torno de 2°C.

Há previsão de geada fraca no sul do Rio Grande do Sul ao amanhecer do dia 12 de agosto.

Figura 3: Previsão de temperatura mínima para o dia 12 de agosto às 9 horas. Fonte: INMET.

Veja as Condições Observadas no Brasil nos últimos 15 dias e a Previsão para os próximos 15 dias no Informativo Meteorológico nº 31/2020 completo:

https://portal.inmet.gov.br/informativos