INFORMATIVO METEOROLÓGICO N° 41/2022

Confira a previsão do tempo entre os dias 18 de outubro e 2 de novembro de 2022

Por Viviane Samara Barbosa Nonato - publicado 17/10/2022 14h53 . Última modificação 17/10/2022 16h11 .

Os maiores acumulados de chuva entre os dias 18 e 24 deste mês são esperados em áreas das regiões Norte, Centro-Oeste e Sul do País, conforme indica o modelo numérico do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A figura 1 mostra a previsão de chuva acumulada neste período.

No Norte, são esperados acumulados entre 20 e 60 milímetros (mm) no noroeste da região, com destaque para o oeste do Amazonas, norte de Roraima, sul de Rondônia e noroeste do Pará, onde os resultados poderão ultrapassar 80 mm. No oeste dos estados do Tocantins e Amapá e, também, no leste do Pará, a previsão indica acumulados menores que 10 mm.

No Nordeste do País, não há previsão de chuva no interior da região devido ao predomínio de uma massa de ar quente e seco. Entretanto, podem ocorrer pancadas de chuva isoladas na costa leste, com valores abaixo de 10 mm.

No Centro-Oeste, o registro de chuva pode ocorrer em parte da região, com acumulados acima de 70 mm em áreas do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, principalmente, entre os dias 21 e 22 de outubro, causados por áreas de instabilidade associadas ao calor e à umidade. Já no sul de Goiás e nordeste do Mato Grosso, os totais de chuva podem ficar abaixo de 40 mm. Nas demais áreas, a previsão indica acumulados inferiores a 10 mm.

Da mesma forma, as regiões Sudeste e Sul do Brasil deverão registrar, a partir do dia 21 deste mês, grandes volumes de chuva que vão persistir até, pelo menos, o dia 24. São previstos acumulados acima de 70 mm no extremo sul de São Paulo, áreas do Rio de Janeiro, Paraná e no centro-oeste do Rio Grande do Sul. Já no sudeste de Minas Gerais, leste de São Paulo e centro-norte do Rio Grande do Sul, a previsão é de 20 mm a 50 mm. Em Santa Catarina, norte de Minas Gerais e Espírito Santo, as chuvas devem ficar abaixo de 20 mm.

Figura 1: Previsão de chuva para a 1ª semana (18 e 24/10/2022). Fonte: INMET. 


De acordo com o modelo de previsão numérica GFS, entre os dias 25 de outubro e 2 de novembro, há chance de volumes de chuva significativos em áreas das regiões Norte, Centro-Oeste e Sudeste do País. A figura 2 apresenta a previsão de chuva neste período.

Para a Região Norte, são previstos acumulados entre 40 mm e 60 mm no leste do Amazonas, podendo ultrapassar 80 mm no sudeste do Pará e centro-norte do Tocantins. Nas demais áreas, os totais de chuva não devem passar de 30 mm.

Por outro lado, o Nordeste segue sem previsão de chuva em grande parte da região devido ao tempo seco. Há possibilidade de chuva acima de 30 mm apenas no sul do Maranhão e do Piauí, além do oeste e extremo sul da Bahia.

Em parte das regiões Centro-Oeste e Sudeste, a previsão indica chuvas pontuais e superiores a 70 mm na região central e leste do Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais e, também, no norte de São Paulo e Espírito Santo. Nas demais áreas, as chuvas deverão ser isoladas e abaixo de 60 mm.

Por fim, na Região Sul, são previstos acumulados de chuva nos litorais do Paraná e de Santa Catarina, podendo ultrapassar 40 mm. Nas demais áreas, os totais de chuva devem ficar entre 10 e 30 mm.

Figura 2: Previsão de chuva para a 2ª semana (25/10 e 02/11/2022). Fonte: GFS.

Confira AQUI a previsão COMPLETA para os próximos 15 dias e as condições observadas no Brasil na última quinzena no Informativo Meteorológico nº 41/2022.

O INMET é um órgão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950.

A previsão de tempo e os avisos meteorológicos são divulgados diariamente em nosso portal, aplicativo e redes sociais:

Instagram: @inmet.oficial

Twitter: @inmet_

Facebook: @INMETBR

Tiktok: @inmetoficial

Youtube: INMET

Veja mais: