INMET FIRMA ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA COM NEWE SEGUROS

A iniciativa faz parte do planejamento estratégico do INMET que visa à valorização das informações do Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET)

Por Renan de Souza Rodrigues - publicado 16/04/2021 11h35 . Última modificação 16/04/2021 11h46 .

O desejo de integrar novas parcerias tem sido alvo de conquista para o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Dessa vez, foi realizada uma parceria com a Newe Seguros para o desenvolvimento do indicador do seguro paramétrico a partir das informações meteorológicas fornecidas pelo INMET.

A iniciativa faz parte do planejamento estratégico do INMET que visa à valorização das informações do Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET). O INMET se lança como Provedor de Dados do índice paramétrico dos contratos que serão firmados entre as Empresas Seguradoras e o Segurado. Dessa forma, o Instituto de Meteorologia agrega credibilidade e espera que os custos ao tomador do seguro sejam reduzidos, com impacto positivo para toda sociedade brasileira.

Para o diretor do INMET, Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, o trabalho em conjunto é o primeiro passo no projeto do Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET), "Essa parceria vai possibilitar a implementação de uma ação estratégica para o INMET, que é a mitigação dos riscos climáticos para o produtor brasileiro, seja no campo ou nas cidades. O produtor e o empreendedor poderão usar esse novo instrumento que vamos construir junto com o SIM INMET", disse.

Segundo o Assessor do INMET, Paulo Costa, o Instituto de Meteorologia continuará anunciando novas parcerias dentre as empresas de seguro, “Estamos disponíveis a todas as empresas de Seguro que desejam ingressar no mercado de índices paramétricos. Tivemos uma grande procura pelas seguradoras. Muitas querem participar dessa construção.”

O seguro de índice se diferencia do convencional em que não é necessário haver um dano físico nas propriedades do segurado para se configurar o pagamento do sinistro. O segurado poderá ser ressarcido caso não tenha sido alcançado índices meteorológicos estabelecidos em contrato, como quantidade de chuva, velocidade do vento ou milímetros de chuva, entre outros. A insuficiência de chuva em um período de crescimento vegetativo do milho, por exemplo, pode impactar de forma negativa a qualidade do produto a ser comercializado. O seguro de índice, portanto, poderá ressarcir o potencial dano ao produtor agrícola segurado.

A proposta, então, é fomentar o mercado de seguros de índices paramétricos a partir dos dados fornecidos pelo Sistema de Informação Meteorológica (SIM-INMET).