INMET E B3 FIRMAM PARCERIA PARA TRANSFORMAR A INFORMAÇÃO METEOROLÓGICA EM VALOR NA TOMADA DE DECISÃO DO SETOR PRODUTIVO, FINANCEIRO E SECURITÁRIO

A proposta é unir as duas expertises em prol da sociedade brasileira e fomentar o mercado de seguros de índices paramétricos a partir dos dados fornecidos pelo Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET).

Por Renan de Souza Rodrigues - publicado 19/04/2021 16h00 . Última modificação 27/04/2021 16h02 .

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o órgão oficial responsável pela Meteorologia e Climatologia no país, e a BRASIL, BOLSA, BALCÃO (B3 S.A.), uma das maiores empresas de infraestrutura de mercado financeiro no mundo, com atuação em ambiente de bolsa, balcão e agora seguros, resolveram trabalhar de forma conjunta na construção de produtos que contenham Dados Meteorológicos que auxiliem a tomada de decisão do setor produtivo, financeiro e de seguros.

Trata-se de mais uma iniciativa do planejamento estratégico do INMET que visa à valorização das informações do Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET).

"A parceria do INMET com a B3 é um grande passo no projeto do Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET), que engloba duas partes: a primeira, é a construção do seguro de índice paramétrico e a segunda, é a criação do mercado do derivativo de clima. Ambas corroboram na redução dos custos para o produtor rural e para toda a sociedade, reduzindo os riscos das mudanças climáticas.", afirmou o diretor do INMET, Miguel Lacerda.

Segundo o Assessor do INMET, Paulo Costa, "A cooperação com a B3 é de grande importância por se tratar da união dos dois maiores bancos de dados da América Latina, um de informações meteorológicas e o outro de informações do mercado de capitais e crédito bancário. Vários produtos de mitigação das mudanças climáticas podem surgir para dar suporte ao novo regramento proposto pelo Banco Central do Brasil ao Sistema Financeiro Nacional – Consulta Pública 85/2021, por exemplo. Bem como a construção do derivativo climático".

Segundo Icaro Demarchi Araujo Leite, superintendente de Seguros da B3 e um dos viabilizadores do acordo, a parceria com o INMET pode abrir caminho para o desenvolvimento de novos produtos por parte da B3. Um dos focos iniciais será a oferta de soluções para o setor de Seguros, onde a B3 passou a atuar em 2019. "A B3 foi uma das primeiras empresas autorizadas pela Susep a atuar no âmbito do Sistema de Registro de Operações (SRO), oferecendo o serviço de registro de apólices eletrônicas", explica Ícaro. "Desde o início dessa atuação, reforçarmos que a intenção da B3 é oferecer cada vez mais produtos e soluções ao setor de Seguros. A parceria com o INMET, referência em dados meteorológicos no Brasil, é estratégica para esse objetivo. Uma das possibilidades é a futura oferta de produtos relacionados ao Seguro Paramétrico, entre outras oportunidades com os mercados que a B3 já atua", completa.

A proposta, então, é unir as duas expertises em prol da sociedade brasileira e fomentar o mercado de seguros de índices paramétricos a partir dos dados fornecidos pelo Sistema de Informação Meteorológica (SIM INMET).