Diretor do INMET assume presidência do Centro Regional do Clima para o Sul da América do Sul (CRC-SAS)

O mandato por tempore será de dois anos.

Por Ana Carolina Castro dos Santos - publicado 03/11/2021 11h36 . Última modificação 03/11/2021 14h32 .

Nesta quarta-feira (3), o diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, participou da reunião online do Centro Regional do Clima para o Sul da América do Sul (CRC-SAS), assumindo o mandato de presidência do grupo pelos próximos 2 anos.

O agora presidente do Centro é também representante permanente do Brasil junto à OMM e membro do Conselho Executivo da Organização. Em seu discurso, o diretor agradeceu a confiança e apoio de todos os representantes dos países presentes na reunião.

“Temos uma oportunidade ímpar de colocar o CRC-SAS na posição de grande ambiente de fornecimento da informação meteorológica na parte sul da América do Sul e ser a rocha em que a ciência e a meteorologia se ancorem”.

Como primeira medida, Miguel Lacerda juntamente com os demais países participantes aprovaram a atualização do Estatuto do CRC-SAS.

O INMET, enquanto principal órgão do país na previsão de tempo e clima, vem para fortalecer o CRC-SAS, visando oferecer melhores serviços climáticos aos usuários nacionais. O Instituto representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950 e, por delegação desta Organização, é responsável pelo tráfego das mensagens coletadas pela rede de observação meteorológica da América do Sul e dos demais centros meteorológicos que compõem o Sistema de Vigilância Meteorológica Mundial.

Sobre o CRC-SAS

O Centro Regional do Clima para o Sul da América do Sul (CRC-SAS) tem como propósito oferecer melhores serviços climáticos aos usuários nacionais, estabelecido por decisão dos países da Associação Regional III (AR III) da Organização Meteorológica Mundial (OMM), com participação dos Serviços Meteorológicos e Hidrológicos Nacionais (SMHN) da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai, para o fornecimento de produtos climáticos regionais, incluindo previsões de longo prazo (em escalas de tempo de um mês a dois anos), para fortalecer a capacidade de membros da OMM da região.

Brasil e Argentina são os países responsáveis pelo Centro por meio de seus respectivos Serviços Meteorológicos Nacionais (INMET e SMN). Como seu principal objetivo, o CRC-SAS busca prover aos Serviços Meteorológicos e Hidrológicos Nacionais (SMHN) desses países informações climáticas que possam melhorar suas possibilidades atuais de monitoramento, análise, previsão e geração de produtos para aplicação em suas próprias áreas, de forma a oferecer melhores serviços climáticos aos usuários.

Além dos SMHN, o CRC-SAS também conta com instituições colaboradoras, sendo: institutos de pesquisa, universidades e organismos oficiais dedicados aos estudos do clima em cada um dos países membros.

Para maiores informações, acompanhe o portal oficial do INMET. A previsão de tempo e os avisos meteorológicos são divulgados diariamente em nosso aplicativo e redes sociais:

Instagram: @inmet.oficial

Twitter: @inmet_

Facebook: @INMETBR

Tiktok: @inmetoficial

Youtube: INMET

LinkedIn:/company/inmetbr