CONFORME PREVISTO PELO SNM, MASSA DE AR FRIO PROVOCA GEADAS E TEMPERATURAS NEGATIVAS PELO PAÍS.

Ainda persiste a previsão de frio intenso entre esta segunda-feira (19) e quarta-feira (21) em grande parte do Brasil, sobretudo nas madrugadas, em razão da massa de ar frio de origem polar bastante seca.

Por Viviane Samara Barbosa Nonato - publicado 19/07/2021 15h43 . Última modificação 19/07/2021 16h09 .

Na última quinta-feira (15/07) o Sistema Nacional de Meteorologia (SNM), divulgou Nota sobre a atuação de intensa massa de ar frio (2ª do inverno de 2021) que chegou ao Brasil no sábado (17/06). Ao longo do final de semana (dias 17 e 18), a Nota foi atualizada com novas informações.

Seguem abaixo os destaques de hoje (dia 19/07):

No Sul do Brasil, a menor temperatura foi registrada no sul do Paraná: -5,2°C em General Carneiro (PR), (superando os -3,9°C registrados no dia 29/06).

Temperaturas negativas também foram registradas no Planalto Sul Catarinense: -4,3°C em Bom Jardim da Serra (SC).

Também foi destaque os -2,4°C em Inácio Martins, sul do Paraná.

Sobre o Rio Grande do Sul, área do noroeste: -1,8°C em Santa Rosa.

Em Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira, Monte Verde registrou geada e temperatura mínima de -1,2°C.

Em Mato Grosso do Sul a temperatura mais baixa foi em Rio Brilhante com -1,5°C.

Em São Paulo a menor temperatura foi em Rancharia, no sudoeste, com -1°C;

Já no noroeste paulista a mínima chegou a 0,7°C em Valparaíso.

Em Mato Grosso, Alto Taquari (sudeste) registrou mínima de 7,7°C.

Em Vilhena (RO), a temperatura mínima foi de 12,4°C (declínio de 7,4°C em 24 horas).

Em Rio Branco (AC), houve variação na temperatura mínima entre de 6,4°C (22,1°C no dia 18 para 15,7°C); enquanto que a máxima de ontem (18) variou 5,7°C (34,3 no dia 17 e 28,6°C no dia 18).

Ainda houve ocorrência de neve muito isolada nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul e no alto do Planalto Sul Catarinense entre o final da noite de domingo (18) e a madrugada/amanhecer desta segunda-feira (19).

Ventos fortes, com velocidade acima dos 80 km/h, sopraram na faixa leste do Rio Grande do Sul (Pelotas atingiu 84km/h) em função do ciclone extratropical que se desloca pelo Atlântico, a leste-sudeste do Rio Grande do Sul.

Ainda persiste a previsão de frio intenso entre esta segunda-feira (19) e quarta-feira (21) em grande parte do Brasil, sobretudo nas madrugadas, em razão da massa de ar frio de origem polar bastante seca.

Por outro lado, está mantida a previsão de formação de geada de intensidade moderada a forte em uma ampla área da Região Sul, centrossul do Mato Grosso do Sul, parte do interior de São Paulo e sul de Minas Gerais incluindo a Serra da Mantiqueira na madrugada e nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (20). Na quarta-feira (21), a geada diminui sua área de abrangência e intensidade, mas ainda ocorre com moderada intensidade em área mais restrita ao sul do País, e de fraca intensidade sobre parte do leste de São Paulo e Mantiqueira (divisa RJ/SP).

Na Figura 01, segue a previsão do modelo numérico WRF 5km -INPE com as áreas mais favoráveis para à ocorrência de geadas na terça (20) e quarta-feira (21).

Figura 1 – Previsões de probabilidade de geada do modelo WRF 5km para os dias 20/07 e 21/07.

As previsões detalhadas e os Avisos Meteorológicos Especiais podem ser acessadas nos seguintes endereços: https://portal.inmet.gov.br/ e http://alertas.inmet.gov.br/cv/

Para a Amazônia Legal no endereço eletrônico: http://panorama.sipam.gov.br/p...



Veja a Nota AQUI.